0
0
0
s2sdefault

Conselhos

CPP - Conselho de Pastoral Paroquial 

Segundo legisla o Regimento da Arquidiocese de Porto Alegre, seguindo as disposições do Código de Direito Canônico cân. 536, no n. 2.5.5 Conselho de Pastoral Paroquial, Art. 139, o Conselho de Pastoral Paroquial, CPP, “obrigatório em todas as paróquias, presidido pelo pároco, é o principal órgão de diálogo, participação e corresponsabilidade no planejamento, execução e avaliação de toda ação evangelizadora, celebrativa e social da paróquia. Tem função consultiva, cabendo ao Pároco a responsabilidade maior das decisões”.

No Art. 141, legisla que integram o Conselho de Pastoral Paroquial:

  1. a.Como membros natos, o Pároco ou Administrador Paroquial, os demais padres e diáconos que exercem atividades permanentes na paróquia e o coordenador do Conselho de Assuntos Econômicos;
  2. b.Como membros eleitos, os fieis leigos que ocupam os cargos de coordenador, vice-coordenador, primeiro e segundo secretários;
  3. c.Como membros conselheiros, os coordenadores do Conselho de cada comunidade que integram a paróquia, um representante de cada pastoral, serviço, movimento e associação com atuação na paróquia, mediante aprovação do Pároco e um representante dos religiosos que participam da comunidade paroquial.

CAE – Conselho para Assuntos Econômicos

Conforme solicita o Código de Direito Canônico no cân. 537, salvo o disposto no cân. 532, o Regimento da Arquidiocese de Porto Alegre, no n. 2.5.6 Conselho para Assuntos Econômicos, Art. 153, diz que “em cada paróquia haja um Conselho para Assuntos Econômicos, o qual se rege pelo direito universal e pelas normas dadas pelo Arcebispo, em que os fieis escolhidos, segundo as normas, auxiliam o pároco na administração dos bens da paróquia” e, em parágrafo único, afirma que o mesmo conselho é de natureza consultiva.

Segundo o Art. 154 do mesmo Regimento, o Conselho para Assuntos Econômicos é formado, seguindo as prescrições do Regimento, a partir de uma lista de nomes entregue pelo Conselho de Pastoral Paroquial ao pároco, onde este escolherá um nome para ocupar o cargo de Coordenador do CAE. A partir de então, o pároco e o coordenador do CAE elegerão os demais integrantes. Cada comunidade que integra a paróquia deve ter o seu CAE, composto de, pelo menos, três pessoas, segundo afirma o Art. 155 do Regimento.

 

Benfeitores

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

  • Praça Cônego Bernardo Machado dos Santos, 53
  • Viamão - RS
  • (51) 3485.1515